Peça sua música!

Participação do Ouvinte

Publicado em 26/01/2021 às 10h32 | |

Apenas 16 ônibus circulam

Via Portal Cidade Verde

 Via Portal Cidade Verde

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) informou que na manhã desta terça-feira (26), segundo dia de paralisação dos motoristas e cobradores, estão circulando em Teresina apenas 16 dos 300 ônibus que deveriam atender a população durante o período de pandemia. O número representa aproximadamente 5% da frota que deveria estar atendendo a população da capital. 

Equipes do órgão realizaram uma fiscalização na madrugada nas garagens dos consórcios que prestam o serviço. 

De acordo com a Strans, do total de 64 ônibus previstos para a frota do Consórcio Poty, apenas 15 estão circulando. No Consórcio Theresina apenas um ônibus está fazendo linha de um total de 78 previstos.

A Strans também identificou paralisação completa nos consórcios Urbanus e Transcol.

"Para suprir a necessidade do usuário, desde ontem (25), a STRANS está cadastrando transporte para minimizar os danos causados pela paralisação. Até o momento, foram cadastrados mais de 80 veículos para realizarem o transporte do usuário", informou a Strans, por meio de nota. 

Paradas lotadas marcam o segundo dia de paralisação de ônibus em Teresina. Ontem (25), motoristas e cobradores se reuniram na Palácio da Cidade quando ficou acordado o repasse de R$ 600 mil para o pagamento do ticket de alimentação, uma das reinvidincações da categoria.

A paralisação só deve ser suspensa quando o "dinheiro cair em conta", de acordo com motoristas e cobradores.

De acordo com o motorista Antônio Cardoso, que trabalho no Consórcio Teresina, o repasse dos valores ainda não foi feito para a conta dos trabalhadores. A categoria está reunida na sede do Sindicato dos Rodoviários, no centro de Teresina, aguardando o repasse para retomar as atividades.

"Temos a informação de que esse dinheiro está na conta do Setut desde ontem, mas até agora nenhum trabalhador recebeu. Só vamos voltar ao trabalho quando o dinheiro estiver na conta", disse ao Cidadeverde.com. 

O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, deu um ultimato aos empresários do transporte público e declarou que pretende municipalizar o sistema, caso as divergências não sejam solucionadas.

Por meio de nota, divulgada na manhã desta terça-feira (26), a Superintendência Municipal de Transportes de Trânsito (Strans) informou que trabalha para minimizar os transtornos causados pela paralisação dos motoristas e cobradores. Segundo o órgão, mais de 80 veículos alternativos foram cadastrados para suprir a demanda durante o período.

Confira a nota: 

A STRANS informa que todas as atenções do órgão estão voltadas para minimizar os transtornos causados pelo movimento de paralisação no setor de transporte público. Para tanto, foram cadastrados mais de 80 veículos para o transporte de passageiros.  Mais informações serão repassaras a qualquer momento.

A reportagem também tentou contato com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (Setut), mas até o momento não obteve retorno. 

 

Fonte: Portal Cidade Verde

Comentários ()

ATENÇÃO !

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Mais de Geral